Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

ESA/RS em parceria com CEDFS e IBDFAM-RS promovem VI Congresso Gaúcho de Direito de Família e Sucessões

Na sexta-feira (22) a Escola Superior de Advocacia da OAB/RS (ESA/RS) em parceria com a Comissão Especial de Direito de Família e Sucessões da OAB/RS (CEDFS) e com o Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM-RS), realizou no Auditório do OAB/RS Cubo o VI Congresso Gaúcho de Direito de Família e Sucessões. O objetivo foi o de realizar atividades relacionadas com o meio jurídico comprometido com o social, respeitando a pluralidade de discursos e as práticas já existentes, para no final do evento, obter o aprimoramento e conhecimento dos acadêmicos e profissionais do Direito, sociologia, social e pedagogia. Trocando experiências e conhecimentos fomentando o interesse pelo direito de família e pelo direito sucessório. O evento, que lotou o auditório com 320 inscritos presenciais, teve início com a apresentação musical da cantora Re Adegas, interpretando o Hino do Brasil e do Rio Grande do Sul, além de cantar duas músicas de MPB na sequência. À tarde houve sorteio de livros e tratamentos de beleza. Durante o Congresso, seguindo a tradição de lançamento de livros, foi realizado o lançamento de uma obra, composta por artigos de membros da diretoria e comissões, a obra “Entre o público e privado, como fica a família contemporânea?”. A diretora-geral da ESA/RS, Rosângela Herzer dos Santos, ressaltou a importância da realização do evento, sendo debatidos os direitos da família, através de painéis com profissionais qualificados que contribuíram com o aperfeiçoamento da advocacia no tema do Direito de Família. “Agrademos aqui a parceria com a Escola, em um evento que é tão importante para as advogados e os advogados, seguindo com o propósito da Escola de qualificação e aperfeiçoamento da advocacia”. O presidente do IBDFAM-RS, Conrado Paulino Da Rosa, agradeceu pela presença de todos, e saldou a presença do próximo presidente do Instituto que tomará posse, Braulio Pinto, ressaltando que o evento marca o encerramento dessa gestão. “ Há seis anos, nos propusemos a interiorizar o IBDFAM, por isso, além do Congresso do Mercosul, nós estamos na sexta edição desse Congresso gaúcho, já passamos pela estrada de Santa Cruz do Sul, Passo Fundo, Santa Maria, Lageado, Bento Gonçalves e encerramos o ciclo aqui, na cidade de Porto Alegre. Ficamos muito felizes, que ao longo desses seis anos do IBDFAM no Rio Grande do Sul  pudemos lançar 12 obras em cada congresso. E ao total das seis edições que tivemos de congressos no Mercosul tivemos 4.900 inscritos.”. O primeiro painel do evento ficou por conta do desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, José Carlos Teixeira, com o tema “Introdução do Direito de Família Dialógico: códigos, filósofos, genes e ambiente”. A diretora-geral da ESA/RS, Rosângela Herzer dos Santos, ministrou uma palestra no penúltimo painel do primeiro dia de congresso, acerca do tema “A importância da mediação na família”, ressaltando a importância do convívio, nas relações de família, além da igualdade e do afeto. “Trago aqui uma réplica do professor Rouf Madaleno, por quem tenho muito carinho, e encontrei nessas palavras que fui coletando, acredito que elas definem toda a base principiológica, que diz que a dignidade humana deve prevalecer, diz respeito à personalização do homem, assim como à sua família, ou seja a partir da constituição se tem esse olhar para a família, a família tendo direito, e o afeito é a ‘mola propulsora dos laços familiares, movida pelo sentimento e pelo amor’, essa frase resume tudo, de forma que é essencial para as famílias seus direitos e o afeto entre as pessoas, para que haja compreensão, a melhor forma de compreender o outro é se colocar no lugar dele”.
26/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.