Corregedoria-Geral da Justiça dá início ao cadastro de processos para digitalização

Corregedoria-Geral da Justiça dá inícioao cadastro de processos para digitalizaçãoNa tarde desta segunda-feira, 14/9, a Corregedoria-Geral de Justiça realizou uma reunião com servidores dos Cartórios de Varas da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca de Porto Alegre. O encontro virtual foi para orientar sobre o início do trabalho de pré-cadastro dos processos físicos, aptos à digitalização, no sistema eproc.Nesta primeira fase, a tarefa vai começar pelas Varas da Fazenda Pública da Comarca de Porto Alegre. Depois, serão incluídos Foros Regionais e Foro Central I da capital, além do Tribunal de Justiça. A Fase 1 prevê 300 mil processos. A fase 2 terá 800 mil processos e deve começar no início do próximo ano nas 25 maiores Comarcas do interior do estado. Por fim, a última fase tem previsão de começar no segundo semestre de 2021, incluindo as demais Comarcas e somando 700 mil processos.Reunião com servidores dos Cartórios de Varas da Fazenda Públicado Foro Central da Comarca de Porto Alegre orientou sobre o início do trabalhoA Corregedora-Geral da Justiça, Desembargadora Vanderlei Teresinha Tremeia Kubiak, participou da reunião e destacou a relevância do projeto: ¿É um processo gigantesco para modificar as condições de trabalho para todos. É uma reconfiguração das relações de trabalho e do andamento dos processos. É um avanço muito grande e que vai trazer mudanças significativas e positivas para todos¿.O pré-cadastro dos processos físicos aptos à digitalização, no sistema eproc, será realizado pelos servidores dos Foros. Já a próxima etapa, que será a digitalização, será realizada por uma empesa que venceu a licitação para efetuar a virtualização do acervo dos processos físicos do Poder Judiciário gaúcho.A Coordenadora de Correição da CGJ, Déborha Regina Malaquias, fez a apresentação do cronograma de trabalho aos servidores dos Cartórios envolvidos e mostrou como será o passo a passo da atividade.Os Juízes-Corregedores Cristiane Hoppe e André Tesheiner falaram aos servidores sobre a importância deste momento histórico para a Justiça Estadual. As Juízas-Corregedoras Gioconda Fianco Pitt e Vanessa Gastal de Magalhães também estiveram presentes, além dos Coordenadores de Correição Cristiano Domingos Moreira e Rodrigo Ribeiro Tavares.EXPEDIENTETexto: Patrícia CavalheiroAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tjrs.jus.br Publicação em Mon Sep 14 19:25:00 BRT 2020 Esta notícia foi acessada: 20 vezes.
14/09/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.