Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Breier se reúne com a chefe de polícia do RS para falar sobre o caso de João Alberto Silveira

“É primordial que a investigação deste caso tenha a maior celeridade possível, pois o assassinato brutal de João Alberto levanta a discussão sobre o despreparo dos agentes de segurança terceirizados nos estabelecimentos do nosso Estado e sua atuação violenta”, ressaltou o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, ao falar sobre o episódio ocorrido na noite de ontem, durante uma reunião com a chefe de polícia, delegada Nadine Anflor, no Palácio da Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (20). Breier reforçou que confia no trabalho da Polícia Civil para a elucidação total dos fatos e colocou a Ordem gaúcha à disposição do que for possível:  “Estamos acompanhando o caso desde o início e vamos continuar, ao longo das investigações. Este encontro institucional serve para isso, marcar a atuação conjunta da OAB/RS e da PCRS para encontrar as respostas que o caso pede e impedir que novos episódios acabem de tal forma”, disse. Ao receber o dirigente e ao ouvir seu posicionamento, a delegada Nadine prometeu uma investigação rigorosa do caso: “Agradecemos sua visita, presidente, pois sabemos da importância que a OAB/RS tem na atuação dos Direitos Humanos e da cidadania. Estamos indignados com o ocorrido e vamos esclarecer todos os pontos para que a Justiça seja feita”, declarou. DPCI Ao final da reunião, Nadine falou sobre a inauguração da Delegacia de Polícia de Combate à Intolerância (DPCI) no Estado, convidando a presença da OAB/RS ao ato, bem como deu a Breier uma cartilha produzida pela PCRS sobre crimes de intolerância - lançada na manhã de hoje. O caso A Comissão de Direitos Humanos Sobral Pinto da OAB/RS acompanhará todos os desdobramentos do episódio, envolvendo as agressões abusivas que resultaram na morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, cliente de um supermercado em Porto Alegre, na noite desta quinta-feira (19). A Comissão da Igualdade Racial também acompanhará a evolução das investigações do lamentável episódio. A missão institucional da OAB/RS é a de assegurar a transparência das investigações e de acompanhar as apurações e circunstâncias para a devida responsabilização dos envolvidos.
20/11/2020 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.